Eu e a moda

 

Eu e a Moda

Olá amigas eu não sou uma fashionista, não tenho formação em moda. Venho de uma origem simples e as primeiras roupas que usei na minha vida, foram cortadas e costuradas pelas mãos humildes de minha mãe, uma dona de casa do interior do Rio Grande do Sul que tinha cinco filhos pra vestir num ambiente hostil, de temperatura cruel para pessoas pobres, chegando a fazer 5º negativos no inverno e quase 40º positivos no verão.

Tive uma adolescência também humilde e quando cheguei à faculdade precisava garimpar nas lojas mais baratas as roupas que eu ia usar. Nunca, no entanto, abri mão de um estilo próprio.

Quando adulta, vivenciei um conto de fadas e de repente, de um dia para o outro, me vi andando em plena 5ª Avenida, em Nova Iorque, com um cartão de crédito podendo optar por comprar roupas e acessórios da marca que eu quisesse.

Claro que eu fiz compras na 5ª Avenida, em lojas de departamento como a Fifth Avenue e a Bergdorf Goodman, mas nunca me deixei levar pelas marcas que lá encontrava e sim pelas coisas que eu realmente gostava e que “faziam o meu estilo”. Na 5ª Avenida, também é possível encontrar marcas populares como a H&M onde algumas vezes encontrei peças muito interessantes que compunham meu guarda-roupas.

No Brasil também foi assim, apesar de ter algumas marcas brasileiras que eu prefira, não me abstenho de comprar algumas peças em lojas populares, contanto que tenham um bom acabamento e que eu me sinta bem.

Com o passar dos anos, tenho a nítida percepção de que preciso me adaptar aos modelos, decotes e comprimentos, por uma questão de bom senso e de elegância.
Tenho acompanhado muitos blogs de moda e estilo e a maioria das blogueiras são muito jovens e sugerem alternativas para mulheres da sua idade. Sinto falta de alguém com mais de 40 anos em quem possa me espelhar.

No momento em que resolvi montar um blog inspiracional para mulheres “maduras” tive a ideia de brincar um pouco com a moda. Não tenho a pretensão de dar grandes lições, pois, como já falei, não sou uma expert no assunto, mas quero compartilhar um pouco daquilo que eu aprendi durante a minha vida, que me renderam e me rendem elogios de que eu tenho bom gosto e estilo próprio.